Como colocar um familiar em uma clínica de recuperação?

Como colocar um familiar em uma clínica de recuperação

A família é um dos bens mais preciosos que podemos ter. E ver algum ente querido sendo destruído pela dependência química é algo muito triste. Neste caso, muitos gostariam de saber como colocar um familiar em uma clínica de recuperação. Continue lendo se essa é uma das suas dúvidas.

A dependência química realmente é algo cruel, que tende a afetar não apenas os usuários de drogas, mas também pessoas próximas como é o caso da família.

De acordo com a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (ABEAD), a dependência química atinge 4 entre 10 famílias brasileiras. É um número bem preocupante. Quase metade das famílias brasileiras sofrem com a dependência química.

E apesar de ser um número assustador, infelizmente reflete a realidade. Por exemplo, se você não tem nenhum dependente químico em sua família, pelo menos deve conhecer algum. Ou, no mínimo, conhece alguém que tenham algum dependente químico em sua família.

Estamos falando aqui da dependência química, de usuários de drogas ilícitas. Mas se falarmos de drogas lícitas como o álcool, por exemplo, as coisas podem ser piores.

Isso, justamente por o álcool ser uma droga de fácil acesso e de boa aceitação por parte da sociedade. Principalmente pelos mais jovens.

No Brasil, são mais de 4 milhões de pessoas consideradas alcoólatras. E quando falamos alcoólatras, estamos falando de pessoas dependentes do álcool. Não pessoas que apreciam bebidas alcoólicas.

4 milhões de pessoas pode parecer um número pequeno ou grande, dependendo do seu ponto de vista. Mas imagine 4 milhões de famílias sofrendo por causa do alcoolismo. Esse número, no mínimo, dobra se estivermos falando apenas de casais sem filhos.

 

O que fazer para colocar um familiar em uma clínica de recuperação?

O que fazer para colocar um familiar em uma clínica de recuperação

 

Eis a questão que é o assunto principal do nosso artigo: Como colocar um familiar em uma clínica de recuperação?

Dependendo do estágio da dependência química ou alcoolismo, colocar um familiar em uma clínica de recuperação pode ser um desafio.

O que acontece é que, na maioria dos casos, o dependente químico ou alcoólatra não aceita ajuda para tratar o problema. Sequer reconhece que tem um problema.

“Eu não preciso de ajuda para parar de usar drogas. Quando eu quiser, eu paro”. Esse é o pensamento e atitude de muitos dependentes.

Mas infelizmente muitos só percebem que precisam de ajuda quando estão no “fundo do poço”, quando algo mais grave acontece com eles mesmos ou com algum familiar. E às vezes, nem mesmo assim se dão conta que precisam de ajuda.

A melhor maneira de colocar um familiar em uma clínica de recuperação é dialogando.

Se for possível, converse com seu familiar e diga que você quer ajudar, que o ama e quer vê-lo bem, com saúde e feliz. E que essa situação tem feito mal não só a ele, mas também a toda a família.

Diga que estará ao seu lado em todo o processo de reabilitação, que não precisa ter receio de nada. Trate a dependência química do seu familiar como um problema “nosso” e não um problema apenas dele.

Se você conseguir convencer seu familiar um grande passo rumo à recuperação já foi dado, pois a internação voluntária é muito mais eficaz do que a internação involuntária.

Se você precisa de ajuda para colocar um familiar em uma clínica de recuperação, entre contato conosco. Estaremos te aguardando!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.