Clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ

Clínica de recuperação no Rio de Janeiro

Uma clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ é, sem dúvidas, uma das alternativas para tentar amenizar os diversos problemas que a dependência química traz para os usuários de drogas e pessoas próximas.

Vencer o vício em drogas é algo muito difícil de ser controlado, principalmente se não houver uma ajuda profissional. A ajuda da família e amigos também é muito importante, mas não é suficiente para recuperar um dependente químico.

Principalmente se a dependência química já está presente por um tempo mais longo. Quanto maior a demora para procurar ajuda, mais difícil fica se libertar do vício e controlar a doença.

Sim, a dependência química, ao contrário do que muitos pensam, é sim uma doença, inclusive reconhecida pela Organização Mundial da Saúde. É classificada como transtornos mentais e comportamentais devidos ao uso de múltiplas drogas e ao uso de outras substâncias psicoativas.

Algumas pessoas ainda hoje tendem a dizer que a dependência química é um problema envolvendo falta de caráter por parte do usuário de drogas.

Esta alegação tem base no argumento de que ninguém é obrigado a usar drogas. Que todos são livres para escolher usar drogas ou não.

E isso é verdade. Porém, as motivações que levam as pessoas a consumirem drogas são as mais diversas. E tentar julgar cada pessoa que usa drogas não cabe a nós.

Outra questão a se considerar é que há uma certa confusão entre um usuário de drogas e um dependente químico. Um dependente químico é um usuário de drogas. No entanto um usuário de drogas não é necessariamente um dependente químico.

 

A ajuda que uma clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ pode proporcionar

 

A ajuda que uma clínica de recuperação no Rio de Janeiro - RJ pode proporcionar

Continuando a falar da diferença entre um dependente químico e um usuário de drogas, a diferença está justamente na palavra dependente.

Um usuário de drogas pode consumir entorpecentes até certo ponto e não ser um dependente. Mas o caminho comum para quem continua usando drogas é se tornar um dependente.

Mas vamos falar agora da ajuda que uma clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ pode proporcionar.

Na clínica de reabilitação os pacientes passam por uma triagem onde são avaliados, para que o tratamento correto seja implementado, de acordo com as necessidades que possuem.

Além disso, as clínicas de recuperação proporcionam uma excelente oportunidade para afastar esses pacientes de possíveis recaídas, de gatilhos que os levem a consumir novamente a substância e lhes dão mais tranquilidade.

É fundamental conhecer bem a clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ, onde o tratamento será realizado, de modo a entender se ela realmente prioriza a ressocialização do paciente, de forma que este possa voltar para uma “vida normal”, tanto pessoal quanto profissional.

Entre os fatores mais positivos de uma clínica de reabilitação estão a presença de profissionais das mais diferentes áreas, como médicos e psicólogos, que sejam realmente especializados e qualificados para o atendimento.

Outro fator importante também é conhecer os tipos de tratamentos oferecidos no local. Dessa forma consegue-se saber se haverá uma grande diversidade para atender às necessidades de cada dependente químico.

Sendo assim, você não pode simplesmente escolher qualquer clínica de reabilitação, mas precisa antes saber quais são as melhores opções de clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ.

 

Dados preocupantes sobre as drogas no Rio de Janeiro – RJ

 

Dados preocupantes sobre as drogas no Rio de Janeiro - RJ

No Rio de Janeiro – RJ houve um aumento no tráfico de drogas, especialmente de maconha e cocaína. Cerca de 50% da população do estado reside em três regiões: Norte do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro Central e Niterói.

Essas regiões facilitam o transporte de drogas realizado pelas organizações criminosas. A entrada e saída de drogas no estado fica mais viável.

Todos os anos, aproximadamente 165.000 moradores do Rio de Janeiro – RJ com 12 anos ou mais abusam ou se tornam dependentes de substâncias ilícitas.

Desde 2009, o número de residentes no Rio de Janeiro – RJ buscando por tratamento aumentou. Em 2013, mais de 22.000 pessoas estavam participando de um programa de abuso de drogas.

Entre esses indivíduos, 36,6% estavam em tratamento apenas para uso de drogas. 18,8% apenas para uso de álcool. E 44,7% para uso de ambos.

Os principais meios de transporte de drogas em todo o estado são veículos particulares e comerciais, aviões e navios. Embora o litoral do Rio de Janeiro – RJ tenha vários portos marítimos, os portos normalmente não são usados para transportar substâncias ilícitas.

Com grandes quantidades de substâncias entrando e saindo no Rio de Janeiro – RJ a cada dia, os crimes relacionados às drogas são uma preocupação crescente entre os moradores da cidade maravilhosa.

O número de sentenças federais no Rio de Janeiro RJ envolvendo drogas supera o da média nacional. Mais de 45% das sentenças federais estão relacionadas a drogas, com 51% envolvendo crack.

 

Escolhendo a melhor clínica de recuperação

 

Escolhendo a melhor clínica de recuperação

Bem, depois de todas essas informações e dados sobre as drogas e a dependência química, chegou a hora de te mostrar como escolher a melhor clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ.

Afinal, nem todas as clínicas de recuperação são iguais. Ao procurar a melhor clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ, existem muitas coisas que você precisa observar.

Uma das coisas que você precisa averiguar na clínica é se ela oferece o tipo de tratamento que você ou a pessoa que você quer ajudar precisam. Por exemplo, podem existir clínicas que são especializadas apenas no tratamento de pessoas mais jovens. Ou então, apenas no tratamento para homens.

Aqui, nas Clínicas Moara, atendemos jovens (menores de idade), adultos, homens e mulheres.

Poderíamos enumerar vários outros fatores que você deve analisar antes de escolher a melhor clínica de recuperação no Rio de Janeiro – RJ, mas, de forma resumida, nós aconselhamos que você visite o local e converse com os responsáveis.

Nessa conversa você pode perguntar aos responsáveis pela clínica sobre o tempo de atuação da instituição. Também pode aproveitar e observar o local, se ele é confortável, seguro e tranquilo. Se os internos aparentam estarem bem cuidados.

Enfim, absorva o máximo que puder sobre a clínica.

E por falar nisso, convidamos você para nos fazer uma visita. Se você precisa de ajuda para vencer a dependência química, entre em contato conosco. Nós ficaremos muito contentes em poder falar com você e ajudar!